terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Eu quero apenas me ferir nela e cura-la


Sabe aqueles dias que amanhecem lindos, mais sua tristeza a impede de ver o sol brilhar?
Estou em um daqueles; Seria comum me trancar no quarto ouvindo músicas internacionais que nem sequer sei a tradução, mais que o som meloso me faz chorar e me sentir péssima.
NÃO. Gritei brigando com esse meu jeito muito comum de lidar com as coisas, peguei minha bicicleta e fui pedalar, forcei a visão para que ela enxergasse o brilho do sol, ouvir com atenção o canto dos pássaros, deixei para trás o cheiro do meu quarto e apreciei os das flores.
Cantarolei com o rio ao meu lado, um som tão leve que eu entendia melhor que qualquer música.
Uma ponta de felicidade surgiu em mim, meu sorriso começa a aparecer sem ser forçado, eu estava finalmente feliz.
Esse não foi um daqueles dias ruins que terminou ainda pior.
Foi um em que você acorda e decidi lutar pelos seus sonhos, mesmo que para isso tenha que lutar contra a tristeza e sair ferida.
Se ferir é melhor do que morrer, as feridas curam, a morte não.
Cansei de morrer todo dia na tristeza, agora eu quero apenas me ferir nela e cura-la .